Alagoas

@focinhoresponsavel: projeto permite que você escolha online seu pet para adoção

TNH1 com assessoria | 20/07/21 - 10h59 - Atualizado em 20/07/21 - 11h00

Com mais de 5.300 animais atendidos, o Programa de Apoio aos Animais completa um ano de muito trabalho nos bairros da área de desocupação. Criado para atender a demanda da comunidade, o programa é uma parceria da Braskem com a Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa (Fundepes) e tem a Coordenação técnica da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

O programa conta com uma equipe de médicos veterinários e pesquisadores. Ao todo, são 14 profissionais dedicados ao cuidado dos animais. A iniciativa oferece acompanhamento veterinário, suporte no dia da mudança, hospedagem temporária enquanto o tutor estiver no imóvel provisório, vacinação, castração e vermifugação dos animais.

Canal de Adoção online

Em junho, o Programa lançou mais um serviço: um canal de adoção totalmente online. Tudo é feito pelo perfil @focinhoresponsavel do Instagram. Lá, os interessados têm acesso ao cadastro e às fotos dos animais. Cada pessoa pode adotar até dois animais.

Atualmente, existem 37 cães e gatos disponíveis para ganhar uma nova família – todos castrados, vacinados e vermifugados. O transporte até a casa do novo tutor é feito pela equipe do programa e é gratuito para todo o estado de Alagoas.  Depois da adoção, ainda são oferecidos dois meses de atendimento veterinário.

Acompanhamento do MPE

Para tomar decisões, as equipes do Programa levam em consideração recomendações de entidades de apoio aos animais e todo o trabalho realizado é acompanhado pelo Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE).

O programa conta com uma equipe de médicos veterinários e pesquisadores.  Ao todo, são 14 profissionais dedicados ao cuidado dos animais. A iniciativa oferece acompanhamento veterinário, suporte no dia da mudança, hospedagem temporária enquanto o tutor estiver no imóvel provisório, vacinação, castração e vermifugação dos animais.
Para tomar decisões, as equipes do Programa levam em consideração recomendações de entidades de apoio aos animais e todo o trabalho realizado é acompanhado pelo Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE).

Até junho, foram aplicadas mais de 2.200 mil vacinas e mais de mil animais foram castrados. Além disso, aproximadamente 2 mil famílias receberam acompanhamento e orientações das equipes do Programa durante a mudança para a nova casa.
Cães, gatos e animais errantes como cavalos e jumentos que necessitam de hospedagem temporária ou atendimento veterinário são encaminhados para a Fazenda da Ufal, em Viçosa, ou para locais em Maceió.