Nordeste

Fortaleza decide que escolas municipais não terão mais aulas presenciais neste ano

Diário do Nordeste | 30/09/20 - 15h45
Helene Santos

A Prefeitura de Fortaleza anunciou que não retomará as aulas presenciais neste ano nas escolas de Fortaleza. A informação foi confirmada pelo prefeito Roberto Cláudio, durante coletiva na tarde desta quarta-feira (30). 

O Município vai dar continuidade ao ensino remoto para os 231 mil estudantes da rede pública até o fim do atual semestre letivo. A decisão, de acordo com Roberto Cláudio, é uma "ação de proteção à vida, e dará mais segurança à saúde pública de Fortaleza, em prol da redução de qualquer risco de uma circulação viral".

Segundo a Prefeitura, "a elaboração de um plano para retorno das aulas presenciais levará em consideração a estrutura das unidades, além dos aspectos pedagógicos, provimento escolar e gestão".

Ainda de acordo com o Município, "o plano seguirá, rigorosamente, as medidas de segurança sanitária orientadas pelo Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza e demais autoridades sanitárias, além da interlocução com a categoria profissional da educação, por meio do Sindiute e do Colegiado de Gestores Escolares".

Suporte aos alunos

Para manter o ensino remoto até o fim deste semestre letivo, cada aluno e professor da rede pública receberá um chip pré-pago com a garantia de 20 gigabytes (gb) por mês, que será fornecido pela Secretaria Municipal de Educação (SME). 

Especificamente para estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens Adultos (EJA) IV, também serão entregues tablets. Os aparelhos e os chips funcionarão por meio de cessão, para que estudantes e profissionais possam desenvolver atividades pedagógicas em regime domiciliar através dos meios digitais.

"Já temos um trabalho que vem sendo realizado desde março, com protagonismo dos professores, e esses materiais com acesso de dados vão contribuir para uma interação mais contínua, com a proposta de continuar o ensino remoto", declarou a secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha.

A entrega de kits de alimentação aos alunos também será mantida enquanto as aulas estiverem suspensas. Como vinha ocorrendo anteriormente, a distribuição dos kits continuará sendo feita nas unidades escolares, seguindo um cronograma. A direção de cada escola entra em contato com as famílias para informar quando os alimentos estarão disponíveis para retirada, respeitando medidas de segurança sanitária e higiene no processo de entrega.