Televisão

Grey’s Anatomy: astros saíram no braço em discussão nos bastidores, diz livro

Metrópoles | 24/09/21 - 23h02
Reprodução

Um livro da jornalista Lynette Rice sobre os bastidores da série Grey’s Anatomy foi lançado recentemente e revelou detalhes inéditos da briga envolvendo Isaiah Washington (Preston Burke) e Patrick Dempsey (Derek Sheperd). Lynette entrevistou atores e profissionais que estavam na produção na época da briga. De acordo com Mark Wilding, que escreveu alguns episódios da série médica, a briga aconteceu durante um episódio que ele fez.

“Acho que um dos dois tinha chegado atrasado no set um dia e o outro quis dar o troco atrasando no dia seguinte. Então a coisa meio que fugiu ao controle. Eles começaram a discutir e antes que você pudesse notar eles já estavam em um confronto físico. Eu tenho 1,93 m. Sou maior do que os dois, mas não me meti porque pensei ‘tipo, não sei se quero me envolver’”, explicou.

Já a roteirista Harry Werksman, que também estava no set no dia da briga, conta que Washington estava muito irritado com o comportamento de Dempsey. “O Isaiah perdeu o controle aquele dia e foi para cima do Patrick. Acho que ele se sentiu desrespeitado por ter ficado esperando junto com a equipe”, relembrou.

No meio da confusão, o ator que interpretou o médico Preston Burke acabou usando um termo homofóbico. “Ele foi para cima do Patrick, o empurrou contra uma parede e disse: ‘Você não pode falar comigo como fala com aquele ****** do T.R (Night, intérprete de George O’Malley).”

“Todo mundo sabia que o T.R. é gay. Por algum motivo, o Isaiah perdeu controle e encurralou o Patrick contra a parede. Você via nos olhos dele ele se perguntando ‘o que foi que eu fiz?’. Ficou tudo em silêncio. Todo mundo deixou o set”, completou o cinegrafista Marty Carillo.

Washington se posicionou sobre o assunto e admitiu que cometeu um erro na série: “Aprendemos que devemos estar atento ao que falamos. Nós temos que ter a consciência que seremos responsabilizados”. Já Dempsey falou que, após a briga, a equipe percebeu que precisava de uma união maior.