Nordeste

Grupo é condenado por torturar e prender jovem em porta-malas

Metrópoles | 29/01/21 - 20h37
Reprodução

Três indivíduos foram condenados, nessa quinta-feira (28/1), por trancar uma garota de 19 anos em um porta-malas de carro, em Fortaleza. O crime ocorreu em 5 de janeiro e os envolvidos cumprirão pena por tráfico de armas e tortura.

Além disso, no ato, havia uma adolescente presente. Por isso, os réus responderão por corrupção de menor. A denúncia foi feita na terça (26/1), pelo Ministério Público.

O plano dos condenados era assassinar a mulher, que tinha sido agredida e colocada em um porta-malas, para que não soubesse para onde estava sendo levada. No entanto, um defeito no automóvel a permitiu colocar uma das mãos para fora do veículo. Assim, no trânsito, um motorista flagrou a cena e tirou uma foto.

O caso foi comunicado à delegacia de polícia de Fortaleza e, em seguida, guardas municipais identificaram o veículo, seguiram o carro e impediram que a mulher fosse assassinada. A vítima foi encaminhada para a Perícia Forense e identificada “em condição de vítima”.

À polícia, o grupo de criminosos explicou que a ação teria sido motivada como uma “vingança”, visto que o namorado da mulher (que está preso) teria matado um primo dos envolvidos, em um bar da cidade. A vítima negou a informação.