Gente Famosa

Justin Bieber é proibido de comprar qualquer carro da Ferrari; entenda

Metrópoles | 04/05/22 - 13h28
A empresa baniu o cantor após a violação de um código de ética | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Comprar um carro da Ferrari costuma ser sonho de consumo de diversas pessoas. Justin Bieber não fugiu dessa máxima e adquiriu um veículo da construtora quando completou 16 anos. Entretanto, o canadense foi banido da empresa após violar um código de ética assinado pelos proprietários dos automóveis.

O desafeto entre cantor e construtora aconteceu após um perrengue passado por Bieber. Ao estacionar a sua Ferrari F458 em um estacionamento de um clube em Beverly Hills, o jovem esqueceu onde teria parado o veículo. O caso só foi solucionado duas semanas depois, quando um membro de sua equipe encontrou o carro.

Para que o caso não voltasse a acontecer, Justin Bieber decidiu alterar a cor de sua Ferrari. Antes branca, o veículo ficou azul elétrico. O escudo da marca, que fica estampado no volante, também foi pintado com a mesma tinta, deixando o tradicional vermelho para trás. Entretanto, o procedimento foi feito na West Coast Customs, na Califórnia e não na sede da construtora, em Maranello, na Itália.

Algum tempo depois, em 2017, o astro vendeu o exemplar em um leilão. As duas ações de Bieber ferem o código de ética da Ferrari, que não permite que os donos dos carros alterem a cor dos modelos e vendam o carro por arremate sem autorização.

Dessa maneira, Justin Bieber ficou vetado de comprar qualquer novo modelo da marca.