Brasil

Lava Jato cumpre mandados em Alagoas e mais cinco estados

Ascom PF/PR e Metrópoles | 09/09/20 - 09h16 - Atualizado em 09/09/20 - 12h47
Arquivo

A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã (09), em conjunto com o MPF e Receita Federal, a Operação E$QUEMA S com a finalidade de desarticular estrutura irregular de pagamento a escritórios de advocacia, que atuavam em conluio com um ex gestor da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio/RJ).

A PF cumpre 51 mandados de busca e apreensão em Alagoas, Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Ceará e Pernambuco. As investigações apontam o desvio de recursos de entidades do Sistema S (SESC/SENAC do RJ).

Aproximadamente 170 policiais federais atuam dividos em 44 equipes. A operação é mais uma fase da Operação Lava Jato.

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico de influência, exploração de prestígio, peculato, estelionato, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Os mandados judicias foram expedidos pela 07ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. O nome da operação faz referência ao esquema envolvendo recursos de entidades do chamado Sistema S.

Confira os alvos da Operação Esquema S:

Orlando Santos Diniz

Roberto Teixeira

Cristiano Zanin Martins

Fernando Lopes Hargreaves

Marcelo José Salles de Almeida

Vladimir Spíndola Silva

Edgar Hermelino Leite Júnior

Marcelo Henrique de Oliveira

Leonardo Henrique Magalhães de Oliveira

Cristiano Rondon Prado de Albuquerque

Ana Tereza Basilio

José Roberto de Albuquerque Sampaio

Eurico de Jesus Teles Neto

Flavio Diz Zveiter

Eduardo Filipe Alves Martins

Daniel Beltrão de Rossiter Correa

Hermann de Almeida Melo

Jamilson Santos de Farias

Antonio Augusto de Souza Coelho

Sérgio Oliveira Cabral Santos Filho

Adriana de Lourdes Ancelmo

Tiago Cedraz Leite Oliveira

João Cândido Ferreira Leão

Francisco Cesar Asfor Rocha

Caio Cesar Vieira Rocha

Marcelo Rossi Nobre