Brasil

Mãe contou a médica que menino Henry tremia e vomitava ao ver Jairinho

Prima de Monique, mãe de Henry, a pediatra respondeu que o comportamento do garotinho era "normal"

Metrópoles | 12/04/21 - 11h19 - Atualizado em 12/04/21 - 11h23
Foto: Reprodução / Rede Social

Mais de uma semana após ficar sabendo que o companheiro, Jairinho, agredia Henry, Monique Medeiros procurou uma prima que é pediatra e revelou que, ao ver o padrasto, o garoto tremia e vomitava.

A conversa foi recuperada do celular de Monique, pela Polícia Civil, e consta no inquérito que investiga a morte de Henry.

Obtido com exclusividade pelo jornal Extra, o diálogo virtual revelou que seis dias após a agressão sofrida por Henry, no dia 12 de fevereiro, e relatada em tempo real pela babá Thayná de Oliveira Ferreira, Monique procurou a prima para pedir orientações sobre o comportamento do filho.

Segundo a mãe do menino, ele tinha “medo excessivo de tudo” e vomitava e tremia quando via Jairinho. Relatou ainda que deu início ao tratamento psiquiátrico de Henry.