Brasil

Mãe denuncia vereador por mensagem racista contra a filha: “Em choque”

Metrópoles | 17/11/21 - 10h55
Reprodução

Uma moradora de Planalto, no interior de São Paulo, denunciou um vereador local por enviar mensagem racista contra a sua filha negra, de apenas 2 anos. Carolaine Vilela registrou um boletim de ocorrência contra Gercimar Maximiliano de Mattos, conhecido na cidade como Gerson do Bar.

Segundo a mãe da criança, as mensagens racistas aconteceram depois que ela publicou uma foto da sua filha com a filha do vereador. O parlamentar não gostou da publicação, ofendeu e ameaçou a moradora depois de ver a postagem nas redes sociais.

Ela fez a postagem porque é amiga da ex-mulher do vereador. Em um dos prints da conversa pelo WhatsApp, é possível ver os insultos contra a criança: “Eu não quero essa sua pretinha feia e fedida com a minha filha”.

Em entrevista à TV TEM, Caroline afirmou que ficou em choque quando viu a reação de Gerson do Bar e se sentiu despedaçada.

“Não tive reação na hora. Fiquei em choque. Continuei respondendo, e ele fez mais ofensas contra a menina. Isso me despedaçou. Por mais que minha filha seja negra, eu não esperava que isso aconteceria agora. Vai acontecer um dia, mas não estava esperando. Foi muito cruel. Ela não consegue se defender. É uma criança”, afirma Carolaine Vilela.

Polícia investiga - A conversa aconteceu pelo WhatsApp. Em um dos prints, é possível ver as ofensas contra a criança: “Eu não quero essa sua pretinha feia e fedida com a minha filha”.

O caso é investigado pela Polícia Civil de São José do Rio Preto (SP). Um inquérito já foi instaurado e o delegado Alexandre Del Nero Arid analisa se o vereador cometeu crime de injúria racial.