Mundo

Morre, aos 96 anos, ativista japonês sobrevivente de Hiroshima

Metrópoles | 27/10/21 - 19h28
Bianca Brito / Reprodução

O sobrevivente ao ataque atômico de Hiroshima em 1945, Sunao Tsuboi, morreu aos 96 anos, no último sábado (23/10). O japonês era um defensor do desarmamento nuclear e foi vítima de uma anemia. Em 2016, o japonês contou que tinha 20 anos quando a bomba atingiu a cidade. “Eu sofri queimaduras por todo o meu corpo. Nu, tentei correr por cerca de três horas, mas não conseguia mais andar”, disse.

Apenas 40 dias depois, ele acordou, sem parte de sua orelha e sem força para se movimentar. Mais tarde, Tsuboi teve câncer e outras doenças como consequência da radioatividade. A bomba Little Boy matou quase 140 mil pessoas, em 6 de agosto de 1945, e deixou sequelas sérias nos sobreviventes. Três dias depois, os Estados Unidos lançaram outra bomba atômica, dessa vez em Nagasaki, deixando 74 mil vítimas.