Brasil

Mulher que decepou pênis de garoto é presa ao prestar concurso

Metrópoles | 09/03/20 - 22h02
Reprodução / Google Street View

Uma mulher de 46 anos foi presa, na tarde desse domingo (09/03), por decepar o órgão de genital de um adolescente. O crime ocorreu em 2013. Tarciana Martins foi detida quando chegava para prestar concurso público da Companhia de Limpeza de Niterói.

Ela foi julgada por crime de tortura e condenada a 7 anos de prisão em regime fechado. As informações são do jornal O Dia.

A Polícia Civil identificou a mulher como um das participantes da sessão de tortura que culminou na amputação do órgão genital de um adolescente de 14 anos, em outubro de 2013, na Favela da Palmeira, em Niterói.

Tarciana teria responsabilizado o adolescente por um estupro contra uma criança de 4 anos e pediu aos traficantes da comunidade para acertarem as contas com o menino. O garoto foi capturado e amarrado em um posto, onde foi espancado e, por fim, mutilado.

Na época do crime, a criança que teria sido estuprada pelo adolescente foi encaminhada para exame de corpo de delito e a violência sexual não foi confirmada.

Segundo a polícia, todos os criminosos envolvidos no crime já tinham sido presos e Tarciana era a única que permanecia foragida.