Mundo

Mulher que doou rim a ex diz não se arrepender: “Doaria outra parte”

Metrópoles | 24/01/22 - 15h35
Reprodução / TikTok

Colleen Le, a mulher dos Estados Unidos que viralizou nas redes sociais depois de contar que doou o rim esquerdo para o ex e foi abandonada por ele, diz não ter arrependimentos apesar do final decepcionante da história de amor.

Ao Metrópoles, a tiktoker contou que o transplante ocorreu há cinco anos, em 23 de maio de 2016, no Sharp Memorial Hospital, na Califórnia. A cirurgia foi feita momentos depois de ela realizar um teste que comprovou que os órgãos eram compatíveis.

“Decidi fazer o teste para ver se éramos compatíveis, porque não queria vê-lo morrer. Eu estava tão nervosa”, comentou. Após, a operação, o casal teve uma recuperação completa e o transplante foi bem-sucedido.

Sem arrependimentos - Questionada sobre o que sente pelo ex após a situação decepcionante pela qual passou, Colleen Le disse que não guarda mágoas. “Até hoje, não me arrependo do que fiz, apesar do resultado do relacionamento”, comentou.

E sobre se faria um ato grandioso como este por outra pessoa, ela foi enfática: “Sim, com certeza eu doaria outra parte de mim para salvar a vida de alguém.”

Transplante e traição - Colleen Le foi surpreendida, cerca de sete meses após a operação, quando o ex afirmou que a traiu durante uma despedida de solteiro em Las Vegas, com o grupo da igreja dele. “Muitas discussões depois… Eu finalmente o perdoei e lhe dei uma segunda chance.”

No entanto, três meses depois da traição, o homem terminou o relacionamento, afirmando que, se eles fossem feitos um para o outro, “Deus os reuniria novamente no fim”.

Chegou a acusá-la, inclusive, de realizar o transplante para “ficar bem” nas redes sociais. Depois disso, passou a bloqueá-la em todas as contas.