Ciência

Nasa encontra evidências de primeiro planeta fora da Via Láctea

Metrópoles | 26/10/21 - 23h58
X-ray: NASA/CXC/SAO/R. DiStefano. Optical: NASA / ESA / STScI / Grendler

Cientistas da Nasa podem ter encontrado o primeiro planeta fora da Via Láctea. O possível exoplaneta está há cerca de 28 milhões de anos-luz da Terra, na galáxia espiral Messier 51 (M51), e tem o tamanho de Saturno. O telescópio de raios X ChandrA fez a descoberta da Nasa. Mais de 5 mil planetas foram encontrados até o momento fora do Sistema Solar – por isso, são chamados de exoplanetas –, mas esta é a primeira vez que um corpo celeste do tipo é visto fora da Via Láctea.

“Estamos tentando abrir um novo campo para encontrar outros mundos, procurando por candidatos a planetas por meio de ondas de raios X, uma estratégia que torna possível descobri-los em outras galáxias”, disse a líder do estudo, Rosanne Di Stefano, astrônoma do Centro de Astrofísica em Harvard.

Esse reconhecimento é possível por meio de uma técnica conhecida como “trânsitos”. Ela é baseada na observação da queda da luz emitida por uma estrela. Essa queda é característica da passagem de um planeta por aquela estrela, que veda momentaneamente a luz proveniente do astro. Mais dados ainda são necessários para confirmar a existência deste “candidato” a exoplaneta. Porém, o próximo trânsito só deve ocorrer daqui há 70 anos.

“Para confirmar que estamos vendo um planeta, provavelmente teríamos que esperar décadas para vermos outro trânsito”, explica a coautora do estudo, Nia Imara, da Universidade da Califórnia. A Nasa afirmou ainda, em comunicado, que este planeta teria um passado “violento e tumultuado”, por ter sobrevivido a explosões nos arredores.