Esporte

Ônibus da Ponte Preta é apedrejado após derrota; jogador fica ferido

CNN | 27/04/21 - 10h28 - Atualizado em 27/04/21 - 10h32
Reprodução/Redes sociais

Depois da derrota da Ponte Preta para a Inter de Limeira por 1 a 0 pelo Paulistão, torcedores do time de Campinas apedrejaram o ônibus da delegação. Um jogador ficou ferido.

Os jogadores da Ponte gravaram as agressões de dentro do veículo. Imagens registradas pelo meia Camilo mostram o momento em que uma pedra quebrou uma vidraça do veículo.

Após o ocorrido, a Ponte Preta emitiu uma nota de repúdio e garantiu que vai colaborar com a investigação da polícia, para que todos envolvidos sejam punidos.

“A Associação Atlética Ponte Preta repudia veementemente a ação absurda de pessoas que atacaram o ônibus da equipe após o jogo da noite desta segunda-feira e, entre outras ações, quebraram o vidro do ônibus, cujos estilhaços causaram escoriações nos atletas e feriram o meia Locatelli. A Ponte acionou as autoridades, está disponibilizando todas as imagens para a polícia e vai colaborar e atuar para que os responsáveis sejam identificados e exemplarmente punidos nas formas da lei”, apontou a equipe de Campinas.

O meia Vinícius Locatelli mostrou sua insatisfação e ressaltou que isso não serve como motivação.

“Repudiamos veementemente as atitudes covardes que supostos ‘torcedores’ tiveram na saída do nosso ônibus após o jogo de hoje. Ameaçaram nossa integridade física e, diferentemente do que eles pensam, essa conduta não nos motiva. Exigimos respeito aos atletas e comissão da Ponte Preta, pois damos nosso melhor em prol do clube. Isso é inaceitável. Até quando teremos de lidar com ameaças absurdas no meio do futebol brasileiro? Basta!”, publicou o jogador que foi à delegacia abrir boletim de ocorrência.