Polícia

Operação 'Cárcere' prende 14 suspeitos de tráfico e outros crimes no Benedito Bentes

TNH1 com Ascom SSP | 05/11/20 - 08h13 - Atualizado em 05/11/20 - 08h22
Ascom SSP

A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP) e as Polícias Civil e Militar deflagraram nesta quinta-feira (05), a operação integrada Cárcere, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas no Loteamento Bela Vista, no bairro do Benedito Bentes. Quatorze pessoas foram presas durante o cumprimento dos mandados.

Segundo a SSP, o grupo também praticava homicídios, roubos, e porte e posse de armas. Com os 14 presos, os policiais apreenderam três armas de fogo artesanais calibre 12 e munições, além de quantidades de maconha e cocaína. Durante às investigações também foi apreendido um revólver calibre 38 com integrante do grupo criminoso.

Coordenada pelo Diretor da DEIC e pelo comandante do 5°BPM, a operação para cumprimento dos mandados contou com a participação das equipes de força tática do 5°BPM, além do Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (TIGRE) e da Seção de Capturas e Antisequestro da DEIC, além da Asfixia, da Polícia Civil. O Grupamento Aéreo, da SSP, também participou da operação. 

Todos os presos foram levados para a sede da Deic, no bairro da Santa Amélia, para a realização dos procedimentos legais cabíveis. 

A população pode contribuir com o trabalho da Segurança Pública, repassando informações sobre esta e outras organizações criminosas utilizando o Disque–Denúncia. As denúncias podem ser enviadas por meio do número 181. A ligação é gratuita e o sigilo garantido.

Investigação

As investigações tiveram início em julho deste ano e são fruto de um trabalho integrado entre a Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), coordenada pelo delegado Gustavo Henrique,  e o 5º Batalhão de Policia Militar (5ºBPM).

Durante os trabalhos investigativos, ficou constatada a existência de uma organização criminosa que praticava suas ações delituosas na cidade de Maceió, atuando no Loteamento Bela Vista e diversas outras regiões do Benedito Bentes. 

Com base nas provas técnicas resultantes da investigação, a DEIC representou e a 17ª Vara Criminal da Capital expediu 17 mandados de prisão e 10 de busca e apreensão.