Brasil

Pai se ajoelha ao lado de caixão de menina morta pela mãe

Metrópoles | 14/02/20 - 13h48
IGO ESTRELA/METRÓPOLES

Em clima de muita tristeza, familiares e pessoas próximas da pequena Júlia Félix de Moraes, 2 anos, morta a facadas pela mãe, na madrugada de quinta-feira (13/02/2020), em Vicente Pires, se despedem da garotinha nesta sexta-feira (14/02/2020). O velório é realizado no Cemitério Municipal São Januário, em Padre Bernardo (GO), cidade do Entorno localizada a 100km do DF.

Pai de Júlia, o recepcionista Giuvan Félix (foto em destaque), 25, chegou ao local por volta das 7h30 acompanhado pelo irmão e outros parentes. Ele também foi ferido durante pela ex-companheira Laryssa Yasmin Pires de Moraes, 21, mãe de Júlia, presa em flagrante.

A família pediu que a imprensa não entre na capela. Segundo pessoas que estão no local, Giuvan está muito abalado e se ajoelhou ao lado do caixão branco de Júlia.