Futebol

Paulo Sousa já foi demitido de time inglês por vazar informações

Metrópoles | 20/05/22 - 11h52
Treinador entrou em atrito com a diretoria do Queen Park Rangers em 2009 e acabou no olho da rua | Foto: Reprodução/Alexandre Vidal-CRF

O Flamengo vive um momento conturbado nos bastidores após a treta envolvendo o goleiro Diego Alves e o treinador Paulo Sousa, que expôs um desentendimento de seu comissão técnica com o arqueiro. E não é a primeira vez que o técnico se envolve com situações deste tipo. Em 2009, Sousa foi demitido do Queens Park Rangers, time da Inglaterra, por vazar “informações sensíveis”.

Sousa tinha atritos com a diretoria do clube inglês, comandado à época por Flavio Briatore, conhecido por sua ligação com a Fórmula 1. A demissão do treinador começou a se desenhar quando o português indicou que a saída de Dexter Blackstock, atacante e artilheiro do time, teria ocorrido com o aval da diretoria da equipe.

O treinador acabou demitido apenas cinco meses depois de chegar ao clube. Sousa nega ter vazado a informação e disse que a situação se resolveria na Justiça. Com os bastidores pegando fogo, o time se prepara para enfrentar o Goiás neste sábado (21/5) às 16h30 no Maracanã.