Brasil

PCDF conclui que Joice Hasselmann sofreu “queda da própria altura” e descarta agressão

Metrópoles | 13/08/21 - 14h45 - Atualizado em 13/08/21 - 14h49
Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) concluiu que a deputada federal Joice Hasselmann sofreu uma “queda da própria altura”, no episódio em que alegou ter sido vítima de um atentado. De acordo com as investigações da 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), o acidente teria ocorrido, possivelmente, em decorrência de efeitos de remédios para dormir.

Os investigadores concluíram que “não se evidenciou quaisquer elementos que apontassem para a prática de violência doméstica ou atentado/agressão por parte de terceiros”. De acordo com a PCDF, o procedimento foi encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público. O caso tramita em segredo de Justiça. Veja a parlamentar mostrando os ferimentos:

Joice diz ter sofrido cinco fraturas no rosto e uma na costela, além de alguns cortes pelo corpo. Segundo a versão da parlamentar, ela estava assistindo a uma série em sua cama, no apartamento funcional que usa em Brasília, na noite de 17 de julho, quando “apagou” e só acordou 7 horas depois, sobre uma poça de sangue, sem se lembrar do que tinha acontecido.