Polícia

Polícia prende três e recupera armas roubadas de vigilante em banco; um morre em tiroteio

TNH1 | 10/02/21 - 07h16 - Atualizado em 10/02/21 - 09h12
Cortesia

A Polícia Civil prendeu três pessoas e recuperou as três armas roubadas de um vigilante na agência do Banco do Brasil, na Avenida Tomás Espíndola, no Farol. Um suspeito morreu após trocar tiros com os agentes. As informações foram passadas pelo delegado Gustavo Xavier, na manhã desta quarta-feira, 10.

De acordo com a polícia, o trio foi detido em Maceió no fim da tarde de ontem. Já um dos criminosos morreu baleado após oferecer resistência e provocar um tiroteio com as equipes policiais no município de Arapiraca. Ele teria sido um dos assaltantes que entrou no banco.

Ainda segundo o delegado, o suspeito morto é natural de São Paulo e já havia sido preso por roubo a bancos no Estado de origem e em Alagoas. 

"A operação começou ontem logo após o roubo. A equipe de Roubo a Bancos da Deic foi na agência, e começou a colher informações, além de imagens, para entender a dinâmica do roubo. Aí nós começamos a rastrear uma moto utilizada na fuga", disse Xavier à produção do programa Balanço Geral Alagoas, da TV Pajuçara.

Os criminosos presos foram levados para a sede da Deic, no bairro de Santa Amélia, parte alta da capital. "Nós vamos fechar a dinâmica do crime para saber se as três pessoas serão autuadas, mas duas estão praticamente certas", confirmou.

Uma entrevista coletiva será realizada no local, ainda hoje, para mais detalhes da ação policial.

O crime

Homens armados renderam um vigilante na agência do Banco do Brasil, na Avenida Tomás Espíndola, no Farol, e levaram três armas de fogo por volta de 8h desta terça-feira, 09. A gerente da unidade percebeu o crime e apertou o botão do pânico, o que assustou os criminosos que rapidamente fugiram.

De acordo com informações do tenente Cláudio, comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, três suspeitos abordaram o agente de segurança e recolheram as armas. A polícia acredita que outros homens aguardavam o trio fora do banco, para a fuga. 

Um helicóptero e seis viaturas da PM foram deslocados para a Tomás Espíndola. O trânsito ficou bloqueado por minutos e começou a ser liberado às 9h.