Brasil

Praia com água cristalina no RJ revela casco de navio naufragado em 1913

Metrópoles | 21/01/22 - 16h35
Reprodução

 A massa de ar quente que estacionou sobre o Rio de Janeiro não deu aos cariocas apenas o calorão típico dos verões fluminenses, mas revelou também um tesouro naufragado há mais de um século. Com o mar cristalino, a praia da Reserva deixou à mostra o casco de um navio cargueiro que naufragou.

As imagens da embarcação afundada foram feitas por um helicóptero da TV Globo, quando sobrevoava a zona oeste da cidade. O cargueiro Workman era um navio a vapor e encalhou em 1913 na região. Toda a carga que estava a bordo acabou retirada pela Martinha e, tempos depois, a embarcação naufragou durante uma tempestade.

Um dos pontos mais evidentes nas imagens é a caldeira, ponto bastante usado por mergulhadores que visitam com frequência a região e fazem expedições nos restos do navio, que já havia sido avistado em 2014. O forte calor que fez com que o Rio registrasse, durante a semana, sensação térmica de 50,8° gerou também memes e piadas na internet. Em uma das postagens, uma embarcação que fazia uma manobra na praia de Copacabana chamou a atenção pelos esguichos de água. Veja:

Nesta sexta-feira, a prefeitura iniciou a Operação Verão na Prainha e também em Grumari, na zona oeste do Rio. A iniciativa visa preservar os parques locais. Será feito o controle de acesso durante todo o verão, nos feriados e fins de semana.