Polícia

Presa dupla suspeita de homicídio e de planejar mais 4 assassinatos em Cidade Universitária

TNH1 | 18/02/21 - 08h24 - Atualizado em 18/02/21 - 09h09
Cortesia

Duas pessoas suspeitas de homicídio foram presas pela Polícia Militar nas primeiras horas desta quinta-feira, 18, numa casa na Rua Cristina Braga, no Conjunto Village Campestre, parte alta da capital alagoana. Segundo levantamentos da polícia, os dois estavam com planejamento de cometer quatro assassinatos na manhã de hoje, em Cidade Universitária.

Os agentes chegaram aos criminosos após denúncia de populares que atribuíram a Paulo César da Silva, vulgo "Pope" ou "Paulinho Cabeça", de 32 anos, a morte do jovem José Everton Tavares da Silva, no mesmo bairro, na tarde de ontem. O serviço de inteligência da SSP conseguiu rastrear o aparelho celular do suspeito e os militares montaram um esquema para capturar Paulo César.

De acordo com a PM, por volta de 3h de hoje, os policiais estiveram na residência indicada e flagraram mais um homem suspeito de crimes no local. Ele foi identificado como José Francisco da Silva Neto, o "Chiquinho", de 22 anos.

O jovem reagiu à abordagem dos PMs e atirou contra eles. Os agentes prontamente revidaram e balearam o bandido na perna. Ele foi atendido no HGE e depois encaminhado, junto com Paulo César, para a delegacia.

Na ação policial, foram apreendidos dois revólveres de calibre 38, uma balança de precisão e comprimidos de Rohypnol, de quantidade não revelada.

A polícia também teve a confirmação da população que a dupla traçava estratégia para cometer uma série de assassinatos nesta manhã. Os nomes das quatro possíveis vítimas, porém, não foram informados.

A operação contou com o apoio de policiais dos batalhões de Radiopatrulha (BPRp), de Polícia de Guarda (BPGd), e da Polícia Penal.