Gente Famosa

Presa por tráfico, modelo ganha corpo e é comparada com Sylvester Stallone

Metrópoles | 14/05/20 - 11h49
Foto: Divulgação

A modelo Sabrina Sidoti foi condenada, por 10 anos, por tráfico. Ela, porém, tirou proveito da situação e dedicou os meses para fazer exercícios físicos na cadeia. A mudança foi tanta que agora ela é chamada de Sylvester Stallone.

Sabrina foi presa em flagrante em 2008, quando tinha 33 anos. Foi colocada em liberdade dez anos depois, em 2018.

“A gente tinha muitos equipamentos na prisão para fazer exercícios e nos manter ocupada o tempo todo. Eu fiquei todo esse tempo treinado para passar o tempo e sair de lá mais forte”, revelou a modelo, de 45 anos, que tem como musa inspiradora Gracyanne Barbosa.

Agora que saiu da prisão, o novo físico de Sabrina abriu portas para ela: ela protagonizou diversos ensaios, estampou a capa da Playboy, e já conquistou seis medalhas em competições do mundo fitness.

Livro 

Sabrina pretende ainda lançar um livro contando a história que viveu. Confinada por conta do coronavírus, a musa fitness comentou ainda sobre pessoas que reclamam de ficarem em quarentena.

“Estamos isolados em casa para ficarmos salvos, e a maioria tem algum tipo de conforto, comida e internet. Uma prisão de verdade não tem nada disso. Eles devem parar de falar que estão presos”, diz ela, que acrescenta. “É muito angustiante, pois revivo uma experiência que tive e que as pessoas não fazem ideia do que é passar por isso. Não desejo para ninguém”, comentou.