Polícia

Preso suspeito de aliciar e ameaçar divulgar imagens íntimas de homens casados em Maceió

TNH1 com Metrópoles | 29/07/21 - 10h00 - Atualizado em 29/07/21 - 10h18
Gerson Alves Vieira, de 41 anos, aliciou mais de 100 vítimas e fazia ameaças de divulgação de imagens e vídeos íntimos | Foto: Reprodução

Um homem foi preso em Fortaleza suspeito de aliciar homens casados, atrair para motéis e fazer fotos e vídeos para ameaçar e extorquir as vítimas. Gerson Alves Vieira, de 41 anos, é apontado como chefe do grupo que se especializou nessa prática e já teria aliciado mais de 100 vítimas em Maceió e Natal, no Rio Grande do Norte.

De acordo com a polícia, no quarto dos motéis as vítimas eram fotografadas e filmadas, sob violência física e psicológica, quando os criminosos tentavam obter vantagens financeiras. Ao mesmo tempo, outros membros do grupo colhiam dados bancários e de cartões de crédito das vítimas e efetuavam transações financeiras, como empréstimos, compras, transferências e saques.

Operação Eros

A prisão do criminoso em Fortaleza faz parte da “Operação Eros”, que ocorre desde abril, na cidade de Natal, e busca suspeitos de extorsão qualificada a clientes, em supermercados. A primeira parte da operação resultou na prisão de outros dois membros do grupo. Gerson foi preso no momento em que se preparava para coagir mais uma vítima. Contra ele existiam dois mandados de prisão em aberto, além de seis inquéritos policiais instaurados pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Natal.

Ele já tinha sido preso em Maceió e fugiu de um flagrante em Natal.