Gente Famosa

Prisão foi por “interesses políticos e midiáticos”, diz defesa de DJ Ivis em pedido de liberdade

Coluna do Léo Dias / Metrópoles | 20/07/21 - 08h50
Reprodução

Em pedido de habeas corpus impetrado junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), os advogados de DJ Ivis dizem que “há interesses políticos e midiáticos” na prisão preventiva do produtor musical.

Iverson de Souza Araújo está preso desde a última quarta-feira (14/7) e foi transferido na sexta-feira (16/7) para Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, no Ceará.

“O impetrante sustenta que o paciente é primário, bons antecedentes, famoso e, evidentemente, não irá atentar contra a integridade da vítima. Isso mostra a teratologia da decisão da autoridade coatora, que somado com toda a repercussão midiática e a pública informação noticiada pelo GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, há interesses políticos e midiáticos. Em sumo: não cabe prisão preventiva em caso de violência doméstica sem o descumprimento de prévia medida protetiva”, escreveu a defesa.

Os advogados do DJ pedem a revogação da prisão preventiva, com aplicação de medidas protetivas alternativas à prisão.