Brasil

Sessão virtual do TJRS é suspensa após homem aparecer na privada

Metrópoles | 26/05/22 - 17h49
Reprodução

Durante uma sessão virtual da 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), nessa quarta-feira (25/5), um homem apareceu sentado nu em um vaso sanitário, após a cena, a transmissão foi interrompida.

Em nota, o Tribunal esclarece que o rapaz não é “magistrado, procurador, advogado ou servidor do TJ”. Segundo a Corte, trata-se de uma das partes do processo, que “indevidamente se encontrava com a câmera aberta”.

Estavam presentes na sessão desembargadores, procuradores e advogadas. Nas imagens, é possível ver o homem nu sentado na privada. Confira a nota do TJ-RS:

"Com relação ao episódio ocorrido na tarde dessa quarta-feira (25/5), durante sessão de julgamento da 21ª Câmara Cível, em que uma pessoa aparece no banheiro com a câmera de vídeo ligada, cumpre esclarecer que não se trata de Magistrado, Procurador, Advogado ou Servidor do TJ. Trata-se de parte em processo cujo julgamento ainda não havia iniciado, mas que indevidamente se encontrava com a câmera aberta. A sessão foi suspensa e retomada após o imediato bloqueio. As providências cabíveis já estão sendo tomadas para apurar detalhadamente o ocorrido".