Brasil

Suspeito de matar ex é amarrado por traficantes em favela

Metrópoles | 26/07/22 - 15h21
Foto: Reprodução

O ex-namorado suspeito de matar a jovem Sarah Jersey Nazareth Pereira, de 23 anos, no Centro do Rio, na madrugada desta terça-feira (26/7), foi amarrado e seria morto por traficantes do Morro dos Prazeres, em Santa Teresa.

De acordo com o Extra, a informação foi confirmada pelo porta-voz da Polícia Militar, o tenente-coronel Ivan Blaz. Queven da Silva e Silva, de 26, foi encontrado durante um patrulhamento do Bairro Presente, na manhã desta terça.

“Após cometer o crime, ele fugiu para o Morro dos Prazeres. O tribunal do tráfico do morro não aceitou. Iriam matá-lo. Uma viatura do Bairro Presente do 5º BPM soube e o salvou”, disse Blaz.

Queven é suspeito de matar a cabeleireira e ex-companheira dentro de casa, na Rua Tadeu Kosciusko, na região central da cidade. De acordo com a Polícia Civil, 16 cápsulas de balas foram encontradas no local. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC).

Sarah Jersey foi morta por volta das 4h20 da manhã, ao lado dos dois filhos, um de dois meses e outro de quatro anos. Segundo o G1, Queven tem 47 anotações criminais, que incluem roubo, tráfico de drogas e homicídio. Ele também tem pelo menos oito mandados de prisão em aberto.

O corpo da jovem foi retirado do local às 9h40 e levado ao Instituto Médico Legal (IML) do Centro. O suspeito foi direcionado para a DHC.