Economia

Total de brasileiros que recebem até um salário mínimo chega a 38%

Metrópoles | 06/06/22 - 10h22
Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Cresceu o número de pessoas que recebem até R$ 1.212, valor do salário mínimo no Brasil. Um levantamento mostra que, no primeiro trimestre deste ano, a quantidade de trabalhadores formais e informais que contam com essa renda mensal ficou em 38,22%. O número representa 36.415 milhões de brasileiros.

No último trimestre de 2015, o índice era de 27,6%; e no mesmo período de 2018, no fim do governo Temer, ficou em 30,09%. Na gestão Bolsonaro, que teve início em 2019, diminuiu para 29,44%, no último trimestre daquele ano, voltando a subir nos seguintes. A pesquisa foi elaborada pelo economista Lucas Assis, da Tendência Consultoria, a pedido de o O Globo.

O percentual entre aqueles que trabalham com carteira assinada passou de 14,06%, em 2018, para 22,48% no primeiro trimestre deste ano. Já entre os informais, o número passou de 53,46% a 61,73%. Neste grupo, há ainda uma grande parte que ganha menos que piso.

Segundo o pesquisador, entre o primeiro trimestre de 2016 e o mesmo período de 2022, o país teve um saldo de 4,6 milhões na criação de postos de trabalho. Destes, 76% foram de vagas informais.

No entanto, a geração de oportunidades veio acompanhada de uma diminuição do salário. “Na pandemia, a gente observou que todo o cenário econômico e sanitário contribuiu para a queda de massa de renda, especialmente na população de menor escolaridade. Desde o fim de 2020, houve recuperação do contingente de ocupados, mas a renda média permaneceu bastante fragilizada e permanece abaixo do que havia antes da pandemia”, destacou o economista Lucas Assis.