Brasil

Um dia antes de casar, médico morre eletrocutado em sessão de fotos

Metrópoles | 30/07/21 - 15h48 - Atualizado em 30/07/21 - 15h56
Reprodução/ Instagram

O médico Denis Ricardo Faria Gurgel, de 31 anos, morreu nessa quinta-feira (29) após levar um choque durante uma sessão de fotos com a noiva às margens de uma represa, na zona rural de Cariri do Tocantins. O casamento aconteceria nesta sexta-feira.

Segundo relatos, o Corpo de Bombeiros encontrou Denis já caído no chão e sem vida. O casal estava fazendo uma sessão de fotos com varas de pesca e, ao arremessar, o anzol da vítima ficou preso em um fio de energia. As informações são do G1. O médico, então, tentou retirar o anzol colocando as duas mãos no fio, momento em que levou o choque.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas o homem já estava morto. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fio que provocou o choque estava sem camada de proteção em alguns pontos. Denis era servidor da Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi, onde trabalhava no Centro de Triagem de Covid.