Gente Famosa

Vaza novo áudio de Luva de Pedreiro pedindo ajuda para não ser vigiado; ouça

Coluna LeoDias/Metrópoles | 29/06/22 - 07h49
Reprodução

A coluna LeoDias teve acesso a um novo áudio exclusivo de Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, que externa a situação delicada pela qual o influenciador digital tem passado, no imbróglio com seu ex-empresário Allan Jesus. Na gravação, Iran questiona como, onde e quando é que ele deveria gravar os seus vídeos sem levantar suspeitas para Allan.

“Me explica aí esses negócios do vídeo, por favor. Estou dentro da minha casa, senão ele vai desconfiar, tá entendendo? Não é melhor eu ficar na ‘manha’ para ele (Allan) não desconfiar de nada? Eu tô no interior. O que você acha aí, cara? Me diga aí porque tô numa sinuca de bico aqui.”, diz o influenciador digital durante o áudio enviado para algum de seus contatos.

A coluna descobriu que, para não causar atritos com Allan – que ao que tudo indica, está vigiando o influenciador de perto –, o dono do bordão “Receba!” tem se utilizado de outras contas nas redes sociais para poder se comunicar com as pessoas mais próximas, sem que o ex-empresário tenha acesso.

Como a coluna LeoDias já informou com exclusividade, grandes empresas como Nike e Unilever entraram em contato com o ex-empresário da sensação da web, que recusou desde produtos oficiais a parcerias. O contrato do Luva funcionava da seguinte maneira: 45% para Allan Jesus; 45% para Luva de Pedreiro;10% para o influenciador Victor Melo.

Ouça o áudio abaixo:

Leia comunicado oficial do ex-empresário do Luva de Pedreiro, Allan Jesus:

“É com absoluta perplexidade e profundo lamento que a ASJ Consultoria, empresa com vasta expertise no segmento de marketing esportivo, recebe algumas notícias publicadas na imprensa – que infelizmente destacam informações levianas, apuradas de forma seletiva, sem compromisso algum com a verdade dos fatos.

ASJ e Luva de Pedreiro, com uma trajetória de sucesso até aqui, possuem contrato com vigência até o ano de 2026. Se alguma das partes desejar efetivamente rescindir o contrato vigente, além de respeitar a forma acordada para tanto, deverá comunicar a outra oficialmente de sua decisão.

Até o presente momento, a ASJ não recebeu qualquer comunicação formal e/ou notificação a respeito de eventual tentativa de rescisão do Luva de Pedreiro. A única coisa que temos são indícios espalhados pela internet e notícias que dariam conta de um suposto novo agenciamento, o que em tese poderia configurar quebra de exclusividade.

De qualquer modo, instado a se manifestar ou demonstrar a regularidade de seus atos, a ASJ o fará com muita tranquilidade, abrindo a quem de direito todos os contratos, documentos, extratos e o que mais for necessário. Por fim, manifestamos nossa certeza e convicção de que a verdade, como sempre, prevalecerá”, finaliza.