Maceió

Veja vídeo: funcionários que cuidam da limpeza do PAM Salgadinho paralisam atividades

Teresa Cristina | 14/07/21 - 15h47 - Atualizado em 14/07/21 - 16h06

Funcionários que trabalham como agentes de limpeza no PAM Salgadinho paralisaram as atividades na manhã desta quarta-feira (14). Eles, que são prestadores de serviço ligados à empresa BRA, afirmam que estão com o salário de junho atrasado.

“A empresa nos diz que é a Prefeitura, já Prefeitura diz que repassou para a empresa. O que queremos é um posicionamento sobre o nosso pagamento”, disse Alex Oliveira, agente de limpeza.

Oliveira destacou também que os serviços só serão retomados quando os salários forem pagos. “Esta questão de atrasos não é novidade. Este mês devíamos ter recebido no quinto dia útil, mas até agora nada e não nos dão satisfação. Só colocamos papel nos banheiros quando chegamos pela manhã e paramos os nossos serviços”, acrescentou o agente de limpeza.

A Secretaria Municipal de Saúde se posicionou sobre o assunto por meio de nota. Confira:

A Diretoria de Gestão Administrativa (DGA) da Secretaria de Saúde de Maceió informa que já fez o repasse dos recursos para o pagamento dos salários aos prestadores de serviço da empresa terceirizada BRA. Os repasses se referem aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, ficando pendente apenas o pagamento dos meses de maio (em tramitação normal) e dezembro de 2020 (em análise jurídica junto à Procuradoria Geral do Município). Os funcionários realizam os serviços de limpeza e conservação predial do PAM Salgadinho. O pagamento dos salários em atraso reclamados pelos funcionários, bem como a distribuição de equipamentos de proteção individual, deverão ser regularizados pela própria empresa. Com a regularização da situação, os serviços devem retornar à normalidade.

A reportagem do TNH1 não conseguiu contato com a BRA. O espaço está aberto para o posicionamento da empresa.