Brasil

Vice Miss Bumbum diz que sofreu racismo em hotel: “Humilhada”

Metrópoles | 26/07/21 - 19h01
Instagram

A vice-campeã do Miss Bumbum 2021, Juh Campos (foto em destaque), afirmou que tomou medidas judiciais após ser vítima de racismo no hotel Hilton Copacabana, no Rio de Janeiro. O caso teria acontecido, segundo ela, nesse domingo (25)

“Eu tinha uma reserva, inclusive já paga, para mim e uma amiga trans. Quando chegamos na recepção, fomos impedidas de nos hospedar sem uma explicação e sem uma justificativa”, diz a modelo.

“Eu só queria pagar e acessar a área do restaurante, porque eu tinha passado o dia sem me alimentar direito. Mas eles nos enrolaram até o horário do restaurante fechar e não conseguimos acessar a área”, completou.

Juh Campos ainda contou que se sentiu “ofendida, diminuída, humilhada”. “Não vou ficar calada, vou lutar por justiça”, afirmou.

Ao portal UOL, um porta-voz do hotel afirmou que o Hilton Rio de Janeiro Copacabana tem “tolerância zero para qualquer forma de racismo e discriminação e está comprometido em oferecer acomodações de qualidade e um ambiente acolhedor a todos que entram por nossas portas”.

“Como parte no nosso procedimento de check-in, nós solicitamos um método de pagamento para o quarto, as taxas e consumos adicionais, com uma identificação com foto, dado que esse é um procedimento padrão na indústria da hospitalidade. Nós levamos esse assunto muito a sério e continuamos nossa investigação interna sobre a alegação relatada”, acrescenta a nota.

.