Alagoas

Vídeo flagra motoristas da "Operação Carro-Pipa" desperdiçando água no Sertão

02/06/17 - 10h53 - Atualizado em 02/06/17 - 12h31
Reprodução

Dois motoristas da Operação Carro Pipa foram suspensos da prestação do serviço por um período de dois meses por descartar a água, que deveria ser destinada famílias que moram em áreas atingidas pela seca prolongada, em uma área irregular.

A cena, gravada na Zona Rural de Pariconha, próximo ao Canal do Sertão, foi filmada por uma moradora da região que, visivelmente indignada, reclama com os motoristas, mas de acordo com o comandante do 59º Batalhão de Infantaria Motorizada (Bimtz), coronel Nilton Rodrigues Diniz, os dois homens não causaram danos ao meio ambiente, nem ao erário, porém, não descartaram a água no manancial, como deveria ter sido feito.

Veja o vídeo:

“É preciso que se ressalte, os motoristas não causaram danos ao erário e não houve má fé. Por isso nós os suspendemos por um período de dois meses. Eles deveriam ter descartado a água de volta ao manancial, que fica a cerca de 400 metros do local onde o vídeo foi gravado, mas infelizmente o trato da nossa população com a água ainda não é o adequado. Por isso a medida de suspensão, que tem um caráter mais educativo”, explicou.

Ainda de acordo com o comandante, os pipeiros teriam se adiantado à orientação do Exército, e carregaram os veículos para aguardar o repasse das instruções de local de entrega e dos insumos, como as pastilhas de cloro.

“Eles estavam adiantando o abastecimento, e quando a fiscalização chegou eles foram informados que a área que eles seriam destinados tinha água, devido as chuvas da última semana”, explicou o comandante.

Os motoristas não receberão pagamento pela água transportada.