Nordeste

Vídeo mostra confusão em que vereador saca arma e questiona se estaria sendo ameaçado

Diário do Nordeste | 28/08/20 - 15h44
Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o vereador de Fortaleza, Márcio Cruz (PSD), em uma confusão na rua Nossa Senhora das Graças, do bairro Presidente Kenedy. No episódio, o parlamentar, que também é guarda municipal, chega a sacar uma arma e questiona se um homem estaria lhe ameaçando.

Em suas redes sociais, Márcio Cruz argumentou que o vídeo não mostra o início da confusão, em que ele teria sido ameaçado pelo homem, e nem o fim, em que ele teria dado voz de prisão ao sujeito, que se evadiu do local.

No vídeo da confusão, Márcio pergunta ao homem se ele estava o ameaçando e saca uma arma da cintura. Na sequência, alguém, que não é possível identificar, pede "respeito".

Na explicação, o parlamentar detalha que foi fiscalizar uma obra solicitada por ele à Prefeitura da Capital e, chegando lá, teria sido ameaçado.

"Ele nos fez uma ameaça que por eu ser morador do Jardim Iracema não poderia estar naquela localidade e que se eu não saísse de lá, eu 'ia ver'".

Profissional

Ao justificar a cena, o vereador diz ainda que, além de parlamentar, é guarda municipal de carreira e quando escutou a ameaça se sentiu indignado enquanto profissional de segurança. "Eu, enquanto autoridade, não posso andar naquela rua, imagina um morador, cidadão comum", questionou. 

No vídeo, Márcio Cruz aparece pedindo ao morador para repetir a ameaça. Segundo o vereador, ele repetiu e deu voz de prisão, mas o homem teria fugido do local. O vereador criticou o vídeo. "Não tem começo, nem fim".

Marcio Cruz disse que foi à delegacia pedir a apuração do caso e a abertura de um inquérito criminal.