Trânsito

Vídeo: parentes e amigos de jovem desaparecido bloqueiam avenida no Barro Duro em protesto

02/04/18 - 17h44 - Atualizado em 02/04/18 - 18h12
Reprodução / Trânsito Maceió

Às vésperas de completar 15 dias do desaparecimento do jovem Alberto luiz Monteiro Xavier Lins, de 18 anos, no bairro de Antares, em Maceió, parentes e colegas de escola do jovem fizeram um protesto na Avenida Muniz Falcão, no Barro Duro. Eles bloquearam os dois sentidos da pista, nesta segunda-feira (2), e atearam fogo a pneus e pedaços de pau, próximo à escola onde Alberto estuda. O trânsito ficou complicado e um grande engarrafamento se formou na região.  

Veja vídeo feito no local logo após liberação da pista:

Após negociarem uma reunião com a Secretaria de Segurança Pública, através do gerenciamento de crises da PM, a avenida foi liberada pelos manifestantes no fim da tarde.

O CASO

A mãe de Alberto, Liliane Lins, conversou com o TNH1 por telefone e contou que ele estudava na Escola Municipal Pompeu Sarmento e trabalhava perto de casa, em um passaporte. Outro filho de Liliane teria se envolvido em uma confusão com um policial militar no dia em que Alberto desapareceu.

“Um grupo de policiais chegou procurando por meu outro filho e, como não encontrou, levou o Alberto. Desde então ele não foi mais visto”, explicou a senhora, com a voz embargada.

Segundo ela, o outro filho que seria o alvo do suposto grupo de militares tem envolvimento com drogas. "Já o Alberto trabalha e estuda e não tem envolvimento com nada de errado", disse a mãe.

O TNH1 ainda tentou contato com a delegada Tereza Ramos, do 8º Distrito Policial, que ficou responsável pelas investigações do caso de desaparecimento do jovem, mas não conseguiu falar com ela. Denúncias podem ser feitas pelos telefones: 9 8764-2272 e 9 8851-0364, ou ainda pelo disque denúncia: 181.

"