Interior

Vídeos: barracas da orla da Barra de São Miguel começam a ser demolidas

TNH1 | 17/11/20 - 09h26 - Atualizado em 17/11/20 - 10h23
Bruno Protasio/TV Pajuçara

As barracas da orla da Barra de São Miguel, Litoral Sul de Alagoas, começaram a ser demolidas nesta terça-feira, 17, oito meses após o fim do prazo do acordo feito entre os barraqueiros, a Secretaria do Patrimônio da União (SPU), a Advocacia-Geral da União (AGU) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O novo ordenamento foi definido pela União após identificar irregularidades. 

Em março deste ano, 13 barracas foram fechadas e desocupadas pelos comerciantes. Na ocasião, a prefeitura do município sinalizou uma proposta para que as vendas fossem realizadas de forma ambulante para diminuir os prejuízos dos barraqueiros. 

A presidente da Associação dos Bares e Restaurantes da orla marítima do Niquim, Eliane da Silva dos Santos, conversou com a reportagem da TV Pajuçara e informou que os trabalhadores foram surpreendidos com as demolições.

Ela disse também que houve várias reuniões com a prefeitura desde março, porém nenhum projeto foi definido pelo Executivo. O TNH1 tentou contato com a prefeitura da cidade, mas não obteve retorno.

Veja vídeos:

A ação de hoje mobilizou agentes da Polícia Federal e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), que foram deslocados para acompanhar o cumprimento da decisão de reintegração de posse. Segundo a polícia, há um grande número de pessoas acompanhando as demolições e não houve registro de confusão até o momento.

Ainda de acordo com as autoridades, a demolição dos pontos de comércio já estava prevista e havia sido adiada por causa do início da pandemia do novo coronavírus.