Ex-médico da seleção de ginástica dos EUA se diz culpado por abusos sexuais

22/11/2017 - 21:59 - Atualizado em 22/11/2017 - 21:59
(Crédito: Reprodução)

Acusado por mais de 100 atletas de abusos sexuais - entre elas a campeã olímpica Gabby Douglas, que classificou os episódios de "muito dolorosos" - o ex-médico da seleção norte-americana de ginástica, Larry Nassar, declarou-se culpado nesta quarta-feira.

Nassar foi a julgamento em uma corte do estado de Michigan - onde por anos atuou na Michigan State University - e foi declarado culpado por sete dos crimes.

Nas últimas semanas, além de Gabby Douglas as ginastas McKayla Maroney, campeã olímpica em Londres-2012  e Aly Raisman declararam terem sido vítimas do médico, que deve ser condenado a, no mínimo, 25 anos de prisão.

Gabby publicou, em seu Instagram, um relato emocionado sobre o tema (em inglês), com a legenda "por favor, escute o meu coração":

please hear my heart

Uma publicação compartilhada por Gabby Douglas (@gabbycvdouglas) em

Fonte: Esporte Fera