Maceió

Abrasel confirma que bares com música ao vivo vão exigir passaporte da vacina em Maceió

Redação TNH1 | 12/01/22 - 18h24
Ilustração/Reprodução

Seguindo a recomendação e o que ficou acertado em reunião ontem (11), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) comunicou nesta quarta-feira (12) que passará a orientar os associados que contam com música ao vivo a cobrar o cartão de vacina a todos os clientes. Além disso, segundo a Abrasel, será reforçada a exigência do uso de máscara e o distanciamento nos locais.

De acordo com o presidente da Abrasel em Alagoas, Brandão Júnior, o setor está pronto para contribuir com a nova orientação passada. “O cenário pede novas medidas e nós estamos aptos a atende-las. Manteremos os cuidados já preestabelecidos em decretos governamentais e também cobraremos dos clientes de casas que oferecem música ao vivo, o cartão de vacina atualizado”, conta o presidente.

Durante a reunião com a prefeitura de Maceió, foram definidas as medidas protetivas para evitar a propagação do vírus. A princípio, as medidas terão um caráter apenas educativo, mas segundo a Prefeitura, serão fiscalizadas rigorosamente. Para além do passaporte da vacina, outras medidas ficaram estabelecidas. Confira na lista:

1. USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARAS QUANDO NÃO ESTIVER COMENDO OU BEBENDO ALGO;

2. DISPOSIÇÃO DE ÁLCCOL EM GEL EM TODAS AS MESAS E BALCÕES – TÓTENS;

3. MANTER O DISTANCIAMENTO SOCIAL;

4. LIMITAR EM ATÉ 12 UNIDADES O NÚMERO DE JOGOS DE MESAS OU 20 CADEIRAS COM GUARDA-SOL NA FAIXA DE AREIA NA ORLA MARÍTIMA DE MACEIÓ;

5. COLOCAR SINALIZAÇÃO VISÍVEL QUANTO À NECESSIDADE DE OBEDIÊNCIA AOS PROTOCOLOS;

6. ORIENTAR QUE TODOS OS FUNCIONÁRIOS SE VACINEM E MANTENHAM A VACINAÇÃO EM DIA 7. EXPOR EM LOCAIS VÍSIVEIS O SELO “100% VACINADOS”;

8. TODOS OS FUNCIONÁRIOS E OUTROS COLABORADORES DOS BARES, HOTÉIS, RESTAURANTES, LANCHONETES, SALÕES, PIZZARIAS, SORVETERIAS E OUTRAS LOJAS E COMÉRCIOS EM GERAL DEVEM MANTER O USO DA MÁSCARA QUE DEVE SER SUBSTITUIDA A CADA DUAS HORAS;

9. TODOS OS ARTESÃOS, PRESTADORES DE SERVIÇO DA ORLA, AMBULANTES, FEIRANTES E SEUS COLABORADORES DEVERÃO USAR MÁSCARA E PEDIR QUE OS CLIENTES TAMBÉM O FAÇAM DURANTE TODO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO SEU NEGÓCIO 10. MOTORISTAS DE TÁXIS E APLICATIVSO, BEM COMO SESU CLIENTES SÃO OBRIGADOS A USAR MÁSCARA E DISPONIBILIZAR ÁLCOOL EM GEL;

11. PERMITIR O ACESSO AOS COLETIVOS URBANOS APENAS OS PASSAGEIROS QUE ESTIVEREM USANDO MÁSCARA;

12. EXIGIR O USO DA MÁSCARA QUANDO ANDAR PELO SALÃO;

13. ENTREGAR AOS CANTORES UM TEXTO ORIENTANDO OS CLIENTES PARA O ATENDIMENTO DOS PROTOCOLOS SANITÁRIOS;

14. NOS SHOWS E EVENTOS PARTICULARES FICA AUTORIZADA A LOTAÇÃO MÁXIMA DE 75% DO LOCAL 15. NOS SHOW E EVENTOS PARTICULARES FICA PROIBIDA A VENDA FÍSICA DE INGRESSOS, SENDO O MEIO DIGITAL O ÚNICO AUTORIZADO DURANTE ESTE MOMENTO;

16. AMPLIAR O HORARIO DE ENTRADA E O NÚMERO DE ACESSO FÍSICO AOS EVENTOS DE FORMA A EVITAR AGLOMERAÇÕES NAS PORTAS DOS EVENTOS E SHOWS;

17. PARA ACESSO AOS EVENTOS E SHOWS EXIGIR A APRESENTAÇÃO DO CARTÃO DE VACINAÇÃO ATUALIZADO;

18. OS PRODUTORES DE EVENTOS E SHOWS E OS PROPRIETÁRIOS DE ESTABELECIMENTOS QUE OFERECEM MÚSICA AO VIVO DEVERÃO COBRAR DOS ARTISTAS E MÚSICOS CONTRATADOS QUE APRESENTEM O CARTÃO DE VACINAÇÃO EM DIA;

19. SERÃO RETOMADAS AS BLITZ DE FISCALIZAÇÃO REALIZAADAS PELA SEMSCS, SMTT E VIGILÂNCIA SANITÁRIA;

20. AMPLIAR O NÚMERO DE ÔNIBUS NAS LINHAS DE MAIOR MOVIMENTO, NOS HORÁRIOS DE PICO;

21. A SMTT DETERMINARÁ, QUE TODAS AS EMPRESAS INTENSIFIQUEM A HIGIENIZAÇÃO DOS ÔNIBUS E FAÇA A SINALIZAÇÃO DOS MESMO AO FIM DE CADA VIAGEM 22. SERÁ INTENSIFICADA A FISCALIZAÇÃO DO USO DE MÁSCARAS NOS TERMINAIS DE ÔNIBUS;

23. O ATENDIMENTO NOS ORGÃOS PÚBLICOS DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL SERÁ FEITO EXCLUSIVAMENTE PARA QUEM ESTIVER USANDO MÁSCARAS;

24. PARA OS ESTABELECIMENTOS COM MÚSICA AO VIVO FICA OBRIGATÓRIA A APRESENTAÇÃO DO CARTÃO DE VACINA EM DIA;

25. PARA EFEITO DE CONTROLE AS ESCOLAS PÚBLICAS MUNICIPAIS E DA REDE PRIVADA DE ENSINO PEDIRÃO A APRESENTAÇÃO DO CARTÃO DE VACINA ATUALIZADO.