Maceió

Ação do Sistema Fecomércio levará serviços gratuitos ao Centro de Maceió

Assessoria | 04/11/19 - 11h53 - Atualizado em 04/11/19 - 12h03

O calçadão do Centro de Maceió receberá, amanhã (05/11), das 9h às 12h, uma ação do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac Alagoas. Além de ofertar serviços gratuitos, as entidades irão buscar o apoio da população ao abaixo-assinado em prol da atuação do Sesc e do Senac; um desdobramento da campanha nacional #euValorizo, promovida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e que vem mobilizando todo o Sistema Comércio, composto pela CNC, Federações, Sindicatos, Sesc e Senac.

O evento faz parte de uma sequência de ações que começaram na última sexta-feira, dia 1º, no comércio de Palmeira dos Índios e na 9ª edição da Bienal Internacional do Livro de Alagoas, onde uma estrutura foi montada para divulgar a campanha e servir como ponto de apoio para a coleta das assinaturas.

Quem passar pelo calçadão nesta terça-feira encontrará o Sesc AL, que levará aos participantes o Programa Mesa Brasil com a dinâmica ‘Roleta com assuntos”, abordando mitos e verdades sobre alimentação e Direitos Humanos a alimentação. A instituição também estará com o tapete literário e o jogo da memória. Os cuidados com a saúde por meio da aferição de pressão serão ofertados pelo Senac, que também estará com sua estrutura montada para realizar cortes de cabelo.

Alagoas

Somente em 2018, o Sesc AL efetivou 76.903 inscrições nos programas de Educação, Saúde, Cultura, Lazer e Assistência. Foram 29.449 pessoas alcançadas em ações de cultura e 95.132 beneficiados mensalmente pelo Mesa Brasil. Para desenvolver esse trabalho, a Sesc conta com 12 unidades fixas e quatro unidades móveis.

Com sua dinâmica de cursos profissionalizantes, em 2018 o Senac AL realizou 12.810 matrículas totais, 3.278 matrículas gratuitas e, em suas ações extensivas, engajou 5.563 participantes. Sua atuação abrangeu 16 municípios alagoanos. Destaque para ações como o Programa Senac de Gratuidade e o Programa de Aprendizagem que ampliaram o acesso à educação profissional de qualidade e gratuita a pessoas de baixa renda.

Empresários, comerciários, usuários das entidades e a sociedade civil podem apoiar estas instituições assinando o abaixo-assinado da campanha. O processo é fácil: basta acessar o site valoriza Brasil e, no menu ‘Eu Apoio’, clicar no botão para acessar a petição online.