Polícia

Adolescente desaparecida pode ter sido vítima de sequestro, diz MPE

Letícia Sobreira* | 18/10/18 - 14h53 - Atualizado em 18/10/18 - 15h08
A adolescente Gisele | Reprodução/Redes Sociais

A adolescente Gisele dos Santos Duarte, de 14 anos, pode ter sido vítima de um crime de sequestro, informou a promotora de Justiça Marluce Falcão de Oliveira, em entrevista à reportagem do portal TNH1.

A garota não é vista pela família desde a última terça-feira (16), e hoje, deu notícias ao pai, por telefone, mas informou que não poderia enviar fotos de onde estava.

Gisele foi vista pela última vez quando saiu para ir até um mercadinho, no conjunto José da Silva Peixoto, no Jacintinho, em Maceió.

“A apuração que temos feito pode nos levar a encontrá-la ainda hoje”, disse a promotora, que contou acreditar, baseada em indícios da investigação, que a menina ainda está em Maceió. 

Investigação

A delegada da Polícia Civil, Ana Luiza Nogueira, que compõe o grupo de delegados à frente das investigações sobre o desaparecimento de Gisele, disse ao TNH1 que a polícia tenta localizar a adolescente o quanto antes.

“Estamos colhendo imagens, ouvindo testemunhas e conversando com as últimas pessoas que tiveram contato com a adolescente. Ainda não podemos afirmar quando chegaremos até ela, mas estamos trabalhando para fazer isso logo”, disse.

Gisele dos Santos tem diagnóstico de transtorno de personalidade boderline, e toma medicamentos de uso contínuo. “Pode ser prejudicial para Gisele ficar muito tempo sem a medicação, que está na casa da família”, contou a promotora Marluce Falcão.

*Estagiária sob supervisão da editoria