Maceió

Adolescente morre após pisar em fio desencapado na Praia da Sereia

Bruno Soriano | 23/08/21 - 18h30 - Atualizado em 23/08/21 - 18h59
Causas de acidente na Praia da Sereia devem ser investigadas pela Polícia Civil | Arquivo TNH1

Uma adolescente de 13 anos de idade morreu após sofrer uma descarga elétrica, na tarde desse domingo (22), na Praia da Sereia, em Maceió. Janice Santos de Vasconcelos estava acompanhada da família quando, ao tentar socorrer o vizinho, um garoto de apenas 10 anos que havia pisado um fio desencapado, também acabou atingida. Ela chegou a ser socorrida ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu e faleceu no final da noite.

Em vídeo encaminhado à TV Pajuçara, o irmão de Janice, Levysson Ilton, conta que tudo aconteceu de repente. “Com o intuito de ajudar, ela se aproximou do menino que sofreu o choque ao pisar o fio de alta tensão, rompido após o dono de um paredão de som mover o equipamento. Ela acabou sofrendo toda a descarga”, relatou.

“Ela foi se divertir com minha mãe, meus irmãos menores e alguns amigos. Já estava se preparando para voltar pra casa quando aconteceu esse acidente. Queremos justiça”, afirmou o irmão de Janice, acrescentando que o garoto também foi socorrido por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao HGE, mas recebeu alta no início da noite de domingo.

O corpo de Janice está sendo velado na igreja Assembleia de Deus localizada no Conjunto Paulo Bandeira, no Benedito Bentes, onde reside a família. O sepultamento será realizado na manhã desta terça-feira (23), no Cemitério Nossa Senhora da Piedade, no bairro do Prado. “Com o apoio de amigos, conseguimos fazer uma ‘vaquinha’ para comprar o caixão e alugar um ônibus para levar os amigos até o cemitério”, disse Levysson.

Em nota, a Equatorial informou que o acidente, na verdade, pode ter sido provocado após tentativa de ligação clandestina na rede de distribuição, orientando às pessoas que estiverem diante de situação do tipo a não tocar quem recebe a descarga elétrica. “A melhor forma de ajudar é desligar o disjuntor ou a chave geral, acionando a emergência por meio do 193 ou 192”, diz o comunicado.

Confira, abaixo, a íntegra da nota:

Nota 

Sobre o acidente ocorrido no último domingo (22), na Paria do Mirante da Sereia, a Equatorial Energia Alagoas informa, que uma equipe técnica esteve no local para fazer os reparos necessários e constatou que o cabo de energia se rompeu quando, de acordo com informações coletadas com a população, um terceiro tentava fazer uma ligação clandestina na rede da distribuidora. 

As ligações clandestinas, o popular “gato” e ligações improvisadas de energia comprometem a qualidade do fornecimento, o que pode provocar oscilação e a falta de energia na região. Além disso, põe em risco a segurança da população já que os desvios não atendem os padrões de fornecimento, ocasionando o rompimento de cabos, curtos-circuitos e até mesmo incêndios. 

A Equatorial lamenta o acontecimento e orienta as pessoas que não façam ligações clandestinas. A distribuidora orienta ainda que se alguém for vítima de choque elétrico, não se deve tentar tocar na pessoa que está recebendo a descarga. A melhor forma de ajudar é desligar o disjuntor ou chave geral e ligar para emergência no 193 ou 192. Se o acidente for em via pública, além das orientações já mencionadas através do 193 e 192, é preciso acionar a Equatorial através do telefone 0800 082 0196 para que seja feito o desligamento da energia.