Alagoas

Alagoano que morava nas ruas de SP volta para Alagoas e ganha moradia e emprego

27/07/18 - 18h59 - Atualizado em 27/07/18 - 19h18
André Alves

Depois de treze longos anos vagando pelas ruas da grande São Paulo e 36 longe de Alagoas, Joselmo Camilo de Lira, de 49 anos, finalmente desembarcará na madrugada deste sábado (28) em solo nordestino e seguirá para sua terra natal, Colônia Leopoldina, município da Zona da Mata Alagoana.

Joselmo deixou Colônia Leopoldina quando tinha apenas 13 anos, com a esperança de conseguir uma vida melhor, e depois de muitos desapontamentos, foi parar ruas da capital paulista, sem casa, sem emprego e sem perspectivas, em situação desumana.

Nesta sexta-feira (27), Joselmo deixa a capital paulistana e com ela a experiência de ter passado tanto tempo nas ruas. O alagoano está voltando para a sua cidade natal já com emprego e moradia garantidas pela prefeitura da cidade.

Ainda assim, a busca pela família de Joselmo continua. Assistentes sociais e funcionários públicos de Colônia Leopoldina realizaram buscas no cartório e no registro eleitoral da cidade, mas ainda não conseguiram localizar parentes dele.

“Nós acreditamos que com ele aqui será mais fácil conseguirmos encontrar a família. A prefeitura já disponibilizou um aluguel social para que Joselmo fique resguardado até se reestabelecer na cidade, e o emprego dele também está garantido”, informou Ingrid Cordeiro, secretária da prefeitura de Colônia.

O pai de Joselmo se chama José Camilo do Nascimento e residia em Colônia. Joselmo também se recorda de uma tia que também seria moradora da cidade, mas que ainda não teve o nome divulgado.

A campanha para trazer Joselmo de volta para Alagoas começou na semana passada, quando uma matéria veiculada no TNH1, contou a história do alagoano que deixou seu estado para tentar a vida no Sudeste, assim como muitos nordestinos que migram em busca de novas oportunidades.

Joselmo Camilo foi encontrado pelo jornalista alagoano André Alves, que trabalha em São Paulo e integra o grupo Anjos da Guarda, projeto que ajuda pessoas em situação de rua naquele estado.

*Estagiária sob supervisão da editoria