Saúde

Alagoas ultrapassa seis mil óbitos por Covid-19, aponta Sesau

Da Redação, com assessoria | 21/08/21 - 17h33 - Atualizado em 21/08/21 - 17h51
A boa notícia é que a ocupação dos leitos exclusivos de covid não ultrapassa 12% em Alagoas | Agência Alagoas

O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) deste sábado (21) confirmou mais 143 novos casos de Covid-19 em Alagoas e oito óbitos, perfazendo 6.006 vítimas da doença. O estado totaliza 233.886 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 754 estão em isolamento domiciliar. Outros 226.863 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença.

Outro número que subiu foi o dos casos em investigação. Ao todo, 4.092 pessoas aguardam resultados de exames laboratoriais para saber se contraíram a doença em Alagoas. 

Ainda segundo a Sesau, os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Porém, em relação ao quadro de óbitos, do total 6.006 vítimas, oito delas eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia. Dos 5.998 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 3.329 eram do sexo masculino e 2.669 do sexo feminino. 2.613 pessoas residiam em Maceió, enquanto as outras 3.385 moravam no interior do estado, de acordo com o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) da Sesau.

Para ter acesso ao boletim epidemiológico, basta clicar neste link e baixar os dados da Covid-19.

Óbitos – No boletim deste sábado (21), mais oito mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo cinco vítimas da capital alagoana e três do interior. As vítimas de Maceió eram quatro homens de 64, 72, 73 e 85 anos, além de uma mulher de 53 anos. O homem de 64 anos era diabético e morreu no Hospital Veredas, em Maceió; o homem de 72 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; o homem de 73 anos tinha doença cardiovascular crônica, diabetes e hipertensão, vindo a óbito no Hospital Arthur Ramos, em Maceió; o homem de 85 anos tinha doença cardiovascular e diabetes - morreu no Hospital Maceió, em Maceió; e a mulher de 53 anos era diabética e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

Em relação as três vítimas que residiam no interior do Estado, uma delas era um homem de 60 anos, além de duas mulheres de 37 e 65 anos. O homem de 60 anos era de Delmiro Gouveia, tinha diabetes e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 37 anos residia em Inhapi, era obesa e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; e a mulher de 65 anos era de Piranhas, tinha doença cardiovascular, diabetes e pneumopatia - morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema.

Leitos de Covid-19 do Estado – Dos 1.488 leitos criados pela Sesau para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 178 estavam ocupados até às 16 horas da sexta-feira (20/8), o que corresponde a 12% do total. Atualmente, 88 pacientes estão em leitos de UTI, enquanto 12 estão ocupando leitos intermediários e 78, leitos de enfermaria. Para acompanhar a evolução da ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19, acesse http://www.alagoascontraocoronavirus.al.gov.br