Alagoas

Alfredo Gaspar oficializa saída do Ministério Público de Alagoas

Assessoria | 02/03/20 - 16h58 - Atualizado em 02/03/20 - 17h20

Após oficializar sua saída do Ministério Público de Alagoas, nesta segunda-feira (2), o agora ex-Procurador-Geral de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, lembrou que sua trajetória de vida e trabalho na instituição foi marcada por princípios e desafios.

Os meus princípios me trouxeram ao Ministério Público. Aqui pude defendê-los, aperfeiçoá-los e praticá-los. Hoje devolvo a essa instituição o cargo de procurador-geral, que procurei honrar em cada minuto da minha atuação”, assinalou Alfredo Gaspar, em seu discurso na cerimônia de adeus, na sede do MP, no bairro do Poço.

Deixo o MP com a certeza de que o espírito de servir Alagoas estará sempre vivo dentro de mim. Aqui tive o privilégio de trabalhar, deixar minha contribuição modesta, pela grandeza desta casa, mas inteira, íntegra e total”, disse Alfredo Gaspar.

Com o desligamento de Alfredo Gaspar do cargo, a chefia do MP fica com o subprocurador-geral, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, que ocupava a função desde janeiro, quando Gaspar saiu em férias. Durante a cerimônia de passagem do cargo, o novo chefe do MP falou sobre a passagem de bastão.

Nós que formamos o Ministério Público temos a certeza de que todo legado deixado por Alfredo Gaspar foi marcante, sobretudo pela firmeza e determinação de seus atos, e da oportunidade que ele nos deu em sucedê-lo, quando todos nós do colegiado estamos preparados para assumir a honrosa função, por amor à causa”, disse Márcio Roberto.

Difícil decisão

Buscar outros caminhos não foi uma decisão fácil, mas, para Alfredo Gaspar era uma questão de escolha categórica entre a razão e a emoção. Como membro do MP, sempre trabalhou nas missões em que esteve ao seu alcance, e agora abre mão dessa função, para buscar novos projetos.Eu quero cuidar das pessoas. Ser parte da solução dos problemas que afligem a sociedade", disse ele.