Polícia

Amigos e familiares protestam contra morte de travesti em Palmeira dos Índios

03/08/17 - 15h39
Reprodução / Vídeo

Dezenas de pessoas realizaram um ato de protesto na manhã desta quarta-feira, 03, contra a morte da travesti de 26 anos, conhecida como “Mary Montilla”, no município Palmeira dos Índios, região Agreste de Alagoas.

A concentração foi em frente à delegacia da cidade. Com faixas e carro de som, familiares e amigos cobraram justiça. Durante o vídeo, divulgado nas redes sociais, uma familiar da vítima agradece a polícia pela prisão de dois homens suspeitos na participação no crime.

O TNH1 entrou em contato com a delegacia do município e foi informado que apenas o delegado poderia confirmar as prisões. A reportagem também tentou contato com o delegado Alexandre Leite, mas o telefone estava desligado.

O caso

O assassinato aconteceu na madrugada da última quarta-feira, 02, no bairro São Cristóvão. A vítima foi identificada como Manoel de Melo Júnior, mas era conhecida como “Mary Montilla”.  Ela foi perseguida após sair de um bar por dois indivíduos, que a assassinaram com golpes de faca no pescoço. A arma usada no crime foi encontrada próximo ao corpo.

Este foi o 12º caso de homossexual morto de forma violenta em Alagoas, só em 2017.