Maceió

Aos 71 anos, sanfoneiro Afrísio Acácio morre após complicações da Covid-19

Redação TNH1 | 17/06/21 - 14h07
Divulgação

O sanfoneiro Afrísio Acácio, de 71 anos, morreu nesta quinta-feira, 17, no Hospital Universitário, em Maceió, vítima de complicações da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 30 de maio. 

O cantor já tinha sido curado da doença, mas teve sequelas, foi internado no Hospital de Emergência do Agreste e depois foi transferido para a capital. Ele também fazia tratamento de outras comorbidades, informou o portal TV Liberdade de AL. 

Afrísio era cantor, poeta, sanfoneiro e apresentava o programa Manhãs Nordestinas na Rádio Pajuçara FM Arapiraca, que vai ao ar de segunda à sexta, das 4h às 6h da manhã. Os filhos de Afrísio têm feito a apresentação do programa desde a internação do pai. 

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.  

Segundo a TV Liberdade, Mestre Afrísio idealizou e comandou o projeto Cultura na Praça, que acontecia toda segunda-feira, na Praça Luiz Pereira Lima. O projeto era realizado no dia da Feira Livre de Arapiraca e reunia muito forró pé-de-serra, coco de roda, vaqueiros aboiadores, emboladores, sanfoneiros, repentistas e artistas regionais de várias cidades vizinhas também, posto que, tendo então caráter turístico, o projeto juntava munícipes do Agreste e Sertão alagoano.

No período das festas juninas, Afrísio chegava a juntar 19 sanfoneiros no palco da tenda cultural. Mestre Afrísio, que sempre foi um grande incentivador da cultura, também apresentava outros artistas no palco. Revelando talentos e dando oportunidades para novas atrações.