Futebol

Apenas dois clubes têm lucro na estreia do Campeonato Alagoano

24/01/17 - 17h49 - Atualizado em 24/01/17 - 17h53
Pei Fon / Portal TNH1

A Federação Alagoana de Futebol publicou no site oficial os boletins financeiros dos cinco jogos de abertura do Campeonato Alagoano. A temporada mudou, mas os prejuízos com as partidas continuam. Apenas dois times saíram no lucro como mandantes. 

O confronto que teve maior público e arrecadação foi o empate entre CSE e CRB, no Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios. O borderô registrou público pagante de 1.999, e público total de 2.460. A arrecadação bruta foi de R$ 20.090,00, enquanto a líquida ficou em R$ 3.667,99. 

Em Arapiraca, o ASA também saiu no azul, mas por muito pouco. 682 torcedores pagaram para ver a vitória do Alvinegro sobre o CEO no Coaracy da Mata Fonseca. O público total foi de 1.051. O jogo teve renda bruta de R$ 13.775,00, e arrecadação líquida de R$ 523,66. 

Punido pelo STJD, o CSA vai jogar toda a primeira fase longe de Maceió como mandante. O Azulão venceu o Murici no Gérson Amaral, e contou com 1.382 torcedores pagando ingresso. O público total foi de 1.539 e a renda bruta R$ 14.824,00. Descontadas as despesas, o CSA ficou no vermelho e ainda teve déficit de R$ 1.224,12. 


CSA derrotou o Murici por 2 a 0, mas teve prejuízo com a renda em Coruripe (Foto: Pei Fon / Portal TNH1)

Em Boca da Mata, o Santa Rita venceu o Sete de Setembro diante 602 torcedores, sendo 468 pagantes. A arrecadação total foi de R$ 4.072,50. Sem lucro, o Leão teve déficit de R$ 780,52. 

Sem ter o Estádio Ferreirão apto para receber partidas do Estadual, o Miguelense mandou o jogo com o Coruripe em Arapiraca. Apenas 170 pessoas pagaram para ver a vitória do Hulk. O público total ficou em 223 torcedores. A renda bruta foi de R$ 2.235,00, e o clube ficou no prejuízo em R$ 2.073,35. 

Médias

As médias de público pagante e presente da rodada foram de 940 e 1.175, respectivamente. As ausências de CSA e CRB no Estádio Rei Pelé interferem diretamente na estatística de público e renda do Campeonato Alagoano. Os dois times foram punidos pelo STJD. Suspenso com quatro mandos de campo, o Regatas só volta ao Trapichão pelo Estadual na última rodada, no Clássico das Multidões.

Ao todo, os cinco jogos tiveram arrecadação bruta de R$ 54.996,50, resultando em uma média de aproximadamente R$ 10.999,20 por jogo. 

*A matéria teve como fonte única os documentos financeiros publicados no site oficial da Federação Alagoana de Futebol.