Polícia

Após agredir companheira, mulher xinga policial de "negro safado" e ateia fogo a colchões dentro da cela

Redação TNH1 | 30/09/21 - 18h47 - Atualizado em 30/09/21 - 19h06

Uma mulher natural do Distrito Federal foi presa, na manhã desta quinta-feira, 30, em um condomínio de Marechal Deodoro, após se envolver em uma confusão e agredir a companheira.

Segundo informações da Polícia Civil, militares foram acionados após denuncia de violência doméstica em uma residência, no bairro Taperaguá. A agressora e a vítima foram levadas à delegacia. Descontrolada, a mulher suspeita de agredir a companheira começou a xingar os policiais e chegou a usar o termo "negro safado" para agredir verbalmente o chefe de operações da delegacia, enquanto prestava depoimento.

A suspeita recebeu voz da prisão e foi recolhida ao xadrez da delegacia. Dentro da cela, ainda bastante agitada, ela quebrou o chuveiro, a torneira, e usou um cigarro para atear fogo aos colchões. Ela deve responder por injúria racial e dano qualificado.