Televisão

Após eliminação, Petrix tenta se explicar e diz que quer Hadson eliminado

Estrelando | 05/02/20 - 09h11 - Atualizado em 05/02/20 - 09h21
Ex-brother deu entrevista logo depois de sair da casa | Reprodução / TV Globo

Logo após ser eliminado do BBB 20 com 80,27% dos votos na noite de ontem, Petrix Barbosa foi entrevistado por Ana Clara no Rede BBB, na madrugada desta quarta-feira (5).

Na conversa, o atleta falou sobre sua passagem pela casa e comentou sobre quem acha que deve ser o próximo eliminado do programa: "Se fosse falar hoje, seria o Hadson, mas eu não sei como será a próxima semana". O ginasta também elegeu Pyong como o melhor jogador da casa: "O melhor jogador é aquele que não sabe que está jogando, mas acho que é o Pyong".

"Quando eu dei a pulseira (de quando ganhou a liderança) foi realmente para ele ir no VIP comigo, eu tenho zero coisas contra ele, mas era o jogo. Eu o via muito forte. Eu vi que ele errou um pouco mais na prova de imunidade, mas sei que o Pyong deu o máximo, eu senti pura sinceridade dele porque ele me disse", relembrou Petrix ao ser perguntado sobre o momento em que tirou a pulseira de Pyong para o Grupo VIP. O ginasta comentou ainda que, caso tivesse a chance de voltar do paredão, não teria o hipnólgo como alvo: "Eu o respeito muito como jogador estrategista, mas com certeza ele não seria meu alvo, caso eu voltasse".

Ana Clara questionou se o ex-brother acreditava que havia algum personagem dentro da casa e Petrix afirmou: "Personagem, todo mundo fala da Flay, mas eu não acredito". Os momentos polêmicos vividos por Petrix dentro do confinamento não foram comentados durante a entrevista, o que incomodou o público nas redes sociais.

Trajetória Polêmica
Em duas semanas de programa, as atitudes de Petrix causaram polêmicas. Logo na primeira festa, ele chacoalhou Bianca Andrade pelos seios ao perguntar se a sister estava vem após beber. Internautas acusaram o ginasta de cometer assédio contra a influenciadora. Depois, na segunda festa, o público também acusou Petrix de assediar Flayslane ao dançar com suas partes íntimas na cabeça da cantora.

Durante o Big Fone, no programa de sábado, o ginasta se envolveu em outra polêmica ao "atropelar" Pyong quando dos dois correram juntos para atender o aparelho. Desta vez, o público acusou o ginasta de agredir o hipnólogo. Por conta da repercussão, a direção cancelou a prova Bate e Volta de domingo e manteve quatro participantes no paredão.

Na segunda, Petrix Barbosa foi intimado para prestar depoimento após ser acusado de assédio durante o confinamento no reality show da Globo. Por estar confinado, o departamento jurídico da Globo recebeu a intimação. À imprensa, a assessoria de comunicação da Polícia Civil enviou a seguinte nota: "A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá entregou a intimação ao jurídico da TV Globo nesta segunda-feira (03/02). O depoimento está marcado para a sexta-feira (07)".

Depois que a intimação foi divulgada pela polícia, os internautas até iniciaram uma campanha para eliminar Hadson, acreditando que Petrix poderia ser expulso do jogo caso saísse para prestar depoimento. Coincidentemente, o ex-jogador de futebol foi o segundo mais votado no paredão. Ele foi seguido por Pyong e Babu.