Polícia

Após suspeita de ataques do PCC, TJ-AL solicita reforço policial no Fórum da Capital

26/07/18 - 20h14 - Atualizado em 26/07/18 - 20h14
Caio Loureiro/Ascom TJ-AL

A suspeita de um ataque da facção criminosa PCC a fóruns de todo o país em busca de armas gerou alerta em Alagoas. Após as interceptações de conversas de criminosos, feitas pela Polícia Civil de São Paulo, o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) informou que pedirá reforço policial.

A confirmação foi feita pela assessoria do tribunal ao TNH1 através de nota. No documento, o TJ-AL “informa que vai enviar ofício à Secretaria de Segurança Pública do Estado pedindo o reforço do policiamento no Fórum da Capital. A Secretaria, por meio do seu serviço de inteligência, deve acompanhar e monitorar a situação”.

Os possíveis ataques seriam orquestrados pelos chefões da facção, que teriam ordenado um levantamento de fóruns em todo o território nacional que possam ter estoques de “ferramentas”, maneira como os criminosos chamam as armas.

Como o PCC está em guerra declarada desde 2016 contra facções rivais, como o CV (Comando Vermelho), a polícia acredita que o armamento eventualmente roubado venha a ser utilizado para equipar integrantes nos estados.