Tecnologia

App alagoano de tradução de textos para LIBRAS ganha prêmio do Google

Com agências | 15/05/19 - 11h48 - Atualizado em 15/05/19 - 11h48
Divulgação

O Google premiou a startup Hand Talk, que utiliza inteligência artificial para traduzir textos e vídeos da internet na linguagem de libras. Ela foi uma das 20 vencedoras do Desafio Google de Impacto em IA. A iniciativa visa premiar as tecnologias de impacto social do mundo todo. 

A plataforma foi fundada em 2012 para possibilitar a comunicação de surdos e pessoas com deficiência auditiva. Com a premiação, a empresa recebeu 3 milhões para investimentos e foi escolhida entre 2602 inscrições de 119 países. 

A Hald Talk possui, além do aplicativo, um plug in para sites. Os textos são traduzidos pelo boneco 3D Hugo, batizado pelos fundadores alagoanos Ronaldo Tenório, Carlos Wanderlan e Thadeu Luz.

Um dos empresários responsável pela startup, Ronaldo Tenório, contou que milhares de traduções são realizadas diariamente na plataforma. “Temos intérpretes, surdos validando os sinais, desenvolvedores, cientistas de dados, designers e animadores 3D para fazer o Hugo ganhar vida", explica. 

A versão mobile do Hand Talk já possui mais de dois milhões de downloads. Por conta da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146), grandes empresas estão contratando o serviço para seus sites, como a Samsung, Bradesco, Natura e Avon.

De acordo com Tenório, o próximo passo é estender os serviços com o dinheiro da premiação para que mais pessoas tenham acesso às traduções. Atualmente a plataforma só traduz textos e áudios em português e uma das metas da empresa é expandir para a tradução da língua de sinais americana.