Futebol

Argel destaca primeira vitória no CSA: 'Importante buscar a reviravolta'

Paulo Victor Malta | 19/08/19 - 16h05
Matheus Pimenta / CSA

O triunfo por 1 a 0 sobre o Fluminense no Maracanã, no último domingo (18), tirou grande peso sobre o trabalho do técnico Argel Fucks. O resultado marcou o primeiro gol da equipe sob o comando do treinador, que também comemorou a primeira vitória dele pelo CSA, o primeiro gol e os primeiros três pontos do Azulão longe de Maceió. 

"Campeonato muito difícil. A gente conhece a dificuldade que é o Campeonato Brasileiro. Já tenho cento e poucos jogos como treinador da Série A, então sei da dificuldade que é trabalhar dentro dessa forma. Temos um grupo bem homogêneo, um grupo curto. Temos que nos reformular dentro da competição. E você tem que ganhar fora de casa também, além de fazer o fator casa. Você também tem que buscar pontos fora de casa. Estávamos devendo. Perdemos para o Fortaleza em casa, então tínhamos que buscar esse jogo fora. Contra um adversário que estava a 4 pontos da gente e hoje está a 1. Trouxemos o Fluminense para a briga junto com a gente. Mérito dos jogadores, que têm comprado nossa ideia, assimilado nossa forma de trabalhar todo dia. Temos trabalhado muito em Maceió. Nossa equipe melhorou na parte física, melhorou na parte tática e técnica. Trouxemos alguns jogadores importantíssimos. Hoje você olha para o banco e o banco já consegue resolver os problemas que a gente tem dentro do campo. É mais ou menos isso que estamos fazendo com calma, com tranquilidade, pensando jogo a jogo. Não vamos nos iludir". 

"Fizemos uma partida, ainda faltam 23 rodadas para acabar o campeonato. Temos um longo caminho a ser percorrido, vamos sofrer muito dentro do campeonato. O importante é buscar a reviravolta. A partir do momento em que você ganha uma partida fora de casa de um adversário tradicional, grande, gigantesco, como é o Fluminense, isso dá moral para todo mundo, fortalece o trabalho do treinador, dá confiança para o jogador, dá confiança para a equipe, para quem está entrando. A gente trata todo mundo igual. Esse é o caminho. Essa é a diretriz do trabalho. Vamos saborear essa vitória hoje (domingo) e amanhã. Na terça-feira quando a gente se apresentar, já pensar no próximo adversário que é o Cruzeiro, outro osso duro de roer", disse o técnico em entrevista coletiva após a partida.

Argel também comentou sobre o gol marcado pelo argentino Jonatan Gómez. O técnico elogiou a jogada trabalhada e ressaltou que o lance não foi um "achado".  

"É uma jogada que a gente trabalha muito, uma transição ofensiva, o 4 para 3, o 3 para 2. É uma jogada de contra-ataque, de alta velocidade. O Bustamante entrou, é um jogador que está apenas na segunda partida, está estreando com a camisa do CSA, mas é um jogador que a gente conhece, veloz, rápido. Ele acabou segurando essa bola, fazendo o passe para o Ricardo Bueno, que levanta essa bola, faz um bom cruzamento. O Jean Kléber, que é um volante/meia, estava dentro da área. E é isso que a gente quer, que nosso volante/meia chegue na área. Ele domina muito bem a bola com o peito, com calma, com tranquilidade e rola ela para trás, para o Jonatan Gómez, que é um jogador que bate bem na bola. Ele chapa bem a bola e chapou. Bola indefensável para o Muriel. Muito difícil, a bola entra na rede no lado do campo. É mérito do Jonatan. Jogada trabalhada, não foi um achado, não foi um chutão, não foi uma bola parada". 

Com a vitória, o CSA chegou aos 11 pontos, mas permaneceu na 19ª colocação. O próximo jogo do Azulão é contra o Cruzeiro no domingo (25), às 19h, no Rei Pelé, em Maceió, pela 16ª rodada da Série A do Brasileirão.